segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Wanderlust


Wanderlust é uma palavra alemã que significa “desejo por viajar”, há quem seja mais poético e descreva como sendo um “forte desejo por viajar e explorar o mundo em busca da sua própria existência”. Eu nunca senti este desejo de andar a viajar por aí, acho que por medo. O mundo tornou-se em um lugar perigoso, cheio de gente paranóica e radical ou então sou eu que sou assim, cheia de medos.

Entretanto fico sempre fascinada quando viajo e conheço uma cidade nova, talvez o meu problema seja na hora de vir embora, não gosto de vir embora, me sinto angustiada quando chega a hora de fazer as malas. Isto pode se traduzir pelo facto de não querer voltar para a minha realidade, a vontade é ficar vivendo daquela sensação de novidade. No entanto, como a dor de vir embora é maior que o prazer da viagem, eu prefiro não viajar.

Algumas vezes passo alguns minutos “viajando” por aí através do Google Maps. Escolho um país e ando pelas ruas com a opção Street View (o bonequinho laranja), observo as casas e me imagino morando nelas, me imagino andando por aquelas ruas e sinto uma sensação boa de novidade, de virar de página. Imagino que estou rodeada de pessoas bem dispostas e que faço o que gosto para viver e que tenho tempo para viver, que não ando nesta correria como ando aqui.

Não tenho viajado muito por aí, se eu for marcar em um mapa os locais por onde estive, vou precisar de poucos pins para afixar, no entanto foi sempre maravilhoso e encantador. Este ano tenho uma viagem marcada para Alemanha, para a casa de um amigo em Born. De lá vamos de trem à Amesterdão (Holanda), vai ser a minha primeira vez aí e vou trazer fotos maravilhosas de lá. Já sei que vou sentir aquela sensação de não querer mais vir embora, mas faz parte de mim e tenho que trabalhar isto na minha mente.

Quantas pessoas não gostariam de viver onde vivo? Milhares! Então não posso não querer voltar para aqui…. Mas o problema não é o lugar, amo isto. O problema são as pessoas que complicam a minha vida, gente infeliz com as quais me cruzo e tenho que conviver que tornam o meu dia-a-dia amargo e difícil de digerir. Mas isto é tema para outra conversa. Podem até está a pensar: mas então viajar é se libertar temporariamente deste quotidiano duro, aproveita! E isto que vou fazer, desfrutar.






quinta-feira, 10 de setembro de 2015

O meu sonho

Quando jovem, tive dificuldades quando chegou a altura de decidir que faculdade fazer, por dois motivos: insegurança e falta de dinheiro. Houve uma época em que eu achava que não sabia o que queria, mas não é verdade, nós sempre sabemos o que gostamos de fazer e eu gosto de tudo que envolva criatividade.

Eu tinha muito interesse por fotografia e desenho. Se naquela altura eu pudesse escolher sem ter que me preocupar com absolutamente nada, eu tinha escolhido o curso de publicidade e propaganda. Mas não havia este curso na minha cidade e se houvesse eu não teria a segurança para o escolher, pois não me sentia preparada para concorrer à uma vaga. Por falta de segurança eu não fui audaz para escolher outros cursos que envolvessem criatividade.

Também me lembro que quando criança gostava muito de brincar de professora, mas acho que isso era tendência naquela altura, não tinha haver com vocação. Mas mesmo assim, foi o ramo que escolhi e claro percebi que escolhi mal e abandonei. Acabei por não ter feito nada que me agradasse até hoje. Também me lembro que, ainda na infância/adolescência, sonhava em ser escritora, mas as professoras da disciplina de Redação nunca fizeram um elogio sobre a minha escrita, sobre as minhas histórias, pelo contrário, rabiscavam e corrigiam sempre tudo, o que acabou por me desencorajar.

Mas hoje em dia me sinto mais confiante, tenho uma máquina fotográfica semi-profissonal, tenho um computador perfeito para trabalhar no Photoshop e já comecei a escrever o meu primeiro livro. É certo que não tenho dedicado muito tempo à tudo isto, a “falta de tempo” tem sido desculpa para deixar estas coisas esquecidas… mas uma coisa já boa, eu sei o que eu quero, agora é só praticar e nunca desistir.

É preciso um pouco de gestão de tempo: abandonar a televisão e o facebook, que tomam muito do nosso tempo. Mas o que nos rouba mesmo o tempo é o trabalho que realizamos por conta de outrem, tenho 12h do meu dia dedicado a enriquecer os outros. Levanto da cama às 7h15m e chego em casa às 19h15m, na minha opinião é tempo demais, sobretudo quando se faz o que não gosta, ou pior, quando se está inserido em um ambiente péssimo. Atenção que neste tempo está envolvido: trabalho (8h), pausa para almoço (1h) e transportes/higiene matinal/alimentação matinal (3h). Mas isto é tema para outra conversa.

Para além do tempo para enriquecer os outros tenho também que dispor de tempo para o ginásio (ando em um processo de perda de peso) e inglês (outro sonho que será realizado em breve). Mas quando se quer, tudo se faz! Tenho o sábado e o domingo para organizar a minha vida e é o que eu pretendo fazer.

Isto tudo para dizer o que? Que nós temos que acreditar nos nossos sonhos e nunca deixar que ninguém diga que não somos capazes, não devemos nos esconder atrás de desculpas. Basta acreditar e trabalhar. Certa vez li um texto super interessante que resume tudo isto e que vai fechar com chave de ouro esta postagem. Deliciem-se com o texto e reflitam sobre o que ele diz.

Um Meio ou uma Desculpa

"Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.

Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.

Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.

O sucesso é construído à noite!

Durante o dia você faz o que todos fazem.

Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.

Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.

Não se compare à maioria, pois, infelizmente ela não é modelo de sucesso.

Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.

Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.

Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.

A realização de um sonho depende de dedicação, há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores pois...

Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO.

Quem não quer fazer nada, encontra uma DESCULPA."

Roberto Shinyashiki

 

sábado, 22 de agosto de 2015

Actualizando

Ultimamente só tenho escrito no meu outro blog sobre o meu emagrecimento (doidasemdieta.blogspot.com) e tenho deixado este de lado. Mas deu-me uma grande vontade de começar a desabafar e a partilhar sobre tudo o que me tem acontecido e sobre grandes mudanças no meu eu.

As maiores delas são a minha crença no pensamento positivo, no meu anjo da guarda e na justiça de Deus.

O pensar positivo nos coloca em um estado de felicidade grande e realmente atrai coisas boas, ainda não sou nenhuma expert no assunto, mas hei de lá chegar com exercícios diários, mudando toda a minha maneira de pensar e falar, e tenho tido provas fantásticas.

O meu anjo tem me valido desde a minha existência, me protegeu de tantas coisas horríveis e já me deu tantos presentes maravilhosos: desde sonhos tranquilos a amigos verdadeiros.

Sobre Deus, há tanto o que dizer! A sua justiça e amor por nós são infinitos. Não sei o que seria de mim sem a fé Nele, eu não consigo me imaginar a existir sem acreditar Nele. São tantas as provas que tenho tido de que Ele me está a ouvir e que me ama. E de provas de que tem feito justiça.

Ontem mesmo tive uma prova do Seu amor e zelo por mim em um momento de angústia. Eu vivi um episódio desagradável com uma pessoa bastante amarga, ela gritou comigo na frente de outras pessoas, aquilo me deixou bastante angustiada, eu só queira ficar sozinha para poder chorar… mas só consegui ficar sozinha por volta das 23h justamente por causa da intervenção divina. Se eu tivesse ficado sozinha, como eu queira, teria tido muito tempo para chorar e atrair pensamentos de vingança e ódio que só fariam mal a mim. Ao invés disso, proporcionou-se uma ida à praia a seguir ao expediente que me encheu a alma de coisas boas, o dia estava lindo e quente como eu gosto e assim só cultivei sentimos bons, e ainda por cima na companhia de gente que eu amo: meu marido e meu cachorro.

Quando fui me deitar para dormir, ainda havia um restinho de angústia e pensei que fosse dormir mal, eu até nem estava confortável fisicamente, mas meu anjo com o auxilio de Deus, cuidou de mim e eu tive uma das noites mais tranquilas de sempre! Amanheci com um grande sentimento de agradecimento e sem angústia nenhuma.

Nós não devemos temer nada, quando temos Deus no nosso coração.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

O segredo


Descobri por acaso um livro maravilhoso que se chama “O Segredo” de Rhonda Byrne, trata-se de um livro de auto-ajuda que cujo o segredo revelado nele é a lei da atracão: pensamento positivo atrai coisas positivas e pensamento negativo atrai coisas negativas. E para reforçar esta descoberta, também tive o aconselhamento da minha amiga do trabalho que o emprestou para mim.

 O livro fala que o Universo e o poder da nossa mente são forças muito poderosas, tudo o que pedirmos ao universo se realizará. Quanto a mim este universo é Deus, mas cada um acredita no que quiser. Há de facto uma força maior que nos guia.

 Antes de ler o livro eu era um pouquinho negativa, mas já estava a exercitar - sem saber - o poder da atracão. Sempre pedia ao meu anjo da guarda para me ajudar, proteger, me dar paciência… todos os dias, nunca saía de casa sem lhe pedir estas coisas.

O que é certo é que depois que eu comecei a colocar em prática o pensamento positivo, as coisas começaram a correr bem e eu já começo a me sentir mais segura perante a tudo.

Há muito o que escrever sobre isso e eu não gosto de fazer posts longos, mas há algumas considerações que eu gostaria de anotar aqui:
 
1º - Quando tivermos dificuldades em ter pensamentos positivos, devemos nos isolar por alguns minutos e começar a lembrar de momentos em que fomos felizes e de pessoas que amamos. Logo de seguida o nosso espírito começa a mudar.

2º - Temos que confiar sempre, não devemos deixar que a mínima dúvida nos interrompa os pensamentos.

3º - Temos que agradecer aquilo que temos, mesmo que não seja o nosso ideal. Aquilo que idealizamos um dia vai acontecer, mas enquanto não acontece, agradecemos aquilo que temos.

 Eu comecei a colocar em prática com algo muito simples: pedir um lugar de estacionamento quando vou a lugares onde estacionar é difícil. E tem acontecido conforme os meus pedidos sinceros.

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Analogia


Ultimamente, cerca de há 3 anos, tenho andado muito insatisfeita com o meu local de trabalho, estava acostumada a trabalhar perto de casa e assim à hora do almoço podia estar na companhia do meu querido cãozinho. Hoje quando saio para trabalhar dói no meu coração ver que o pobrezinho vai passar 12h sozinho e ele detesta a solidão, fica a tremer de nervoso me vendo sair de casa…

E para não perder o transporte, que tem horário marcado, tenho que sair a correr, cada minuto é de extrema importância e faz com que eu tenha que sair mesmo às 18h, coisa que não parece muito bem… se bem que ainda não ouvi nenhuma “boca” em relação a isto.

Então, todos os dias custa-me levantar da cama, ando mal humorada e mal educada com os meus colegas, de cara feia a reclamar de tudo… hoje a minha amiga chegou e disse que esta minha maneira de estar lhe está afectar… compreendo: a má disposição é contagiosa.

Então hoje decidi mudar, eu sempre acreditei que o positivismo atrai coisas positivas, então está na hora de viver conforme as minhas crenças e tentar lutar contra o mal humor e insatisfação… é bem verdade que milhões de pessoas dariam tudo para estar a viver a minha vida e fariam melhor do que eu.

Eu acredito em Anjo da Guarda e tenho um que é poderoso, responde sempre às minhas questões e aos meus pedidos, acho que o que a minha amiga me disse foi um recado dele, assim sendo vou atender sabendo que é para o meu bem e o de toda a comunidade.

Dá até para fazer uma analogia com uma coisa que aconteceu aqui no escritório: na parede por detrás da minha cadeira há uma grande rachadura e de lá começou a sair milhares de bichos, depois começaram a fugir por baixo da porta que começou a ficar cheia de passarinhos lá fora – possivelmente para os comer. A analogia é: os bichinhos são as coisas ruins dentro de mim que começaram a sair e o barulho dos pássaros é a esperança a engolir as coisas ruins e uma nova Adriana vai nascer a partir de hoje.

 

“Concedei-nos Senhor a serenidade necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar, coragem para modificar aquelas que podemos e sabedoria para distinguir uma das outras.”

domingo, 9 de março de 2014

De volta e com novidades

Estive afastada do meu blog, porque estive envolvida com outro que criei sobre o meu projeto para emagrecer. Correu muito bem, mas também este abandonei quando chegou o inverno. De inverno eu não tenho vontade de fazer nada! Todas as horas do dia que estou em casa (que são poucas) passo deitada na cama. Mas o inverno está de despedida, finalmente! E eu estou de volta.

Ano passado, em Abril, me matriculei em uma academia e consegui perder 15kg! Um sonho que já parecia muito distante. Mudei meus hábitos alimentares, minha dispensa mudou e me tornei mais activa, ia todos os dias para o ginásio e ainda vou, pois faltam perder ainda mais 10kg.

Confesso que senti falta daqui e estou de volta para ficar, para escrever sobre o meu dia a dia, desabafar e retomar à fotografia, que é a minha paixão.

Apesar de já estarmos em Março, é nesse mês me sinto com forças de fazer o meu saldo do ano passado e planejar o  meu ano novo.

O ano de 2013 foi fantástico para mim: emagreci, tive mais apoio do meu marido, ganhei uma amiga nova e me aproximei do meu anjo da guarda.

O meu marido foi um apoio fundamental para todo o meu processo de emagrecimento, sempre do meu lado dando forças e preparando tudo o que fosse preciso para que eu continuasse firme no meu projeto.

No meu trabalho começou a trabalhar uma pessoa muito especial, ela foi um presente do meu anjo da guarda, uma pessoa super positiva, compreensiva e muito amiga.

Foi um ano feliz e espero que o ano de 2014 seja no mínimo igual. Pretendo perder 10kg e me conformar mais com o trabalho que tenho, são esses os meus grandes projetos para este novo ano.

sábado, 29 de junho de 2013

rotina


Eu sempre achei que detestava rotinas, mas volta e meia e lá estou presa em rotinas. Acho que é excesso de preguiça, medo de mudanças ou as rotinas que detesto são aquelas me dão trabalho, por exemplo: lavar ou esfoliar e hidratar o rosto todas as noites.

Ultimamente a minha rotina actual é: sair a correr do trabalho as 18h para apanhar o barco das 18h30m e chegar à casa às 19h; mudar de roupa e correr para o ginásio depois de dar instruções sobre o jantar ao meu marido; chegar do ginásio e jantar; levar o cão à rua; tomar banho e me deitar na minha cama e ver vídeos do youtube e a novela até me deixar dormir por volta das 22h30m. Tem sido assim desde Março/2013 até mudar de novo. Os fins de semana também têm a sua rotina.


Semana passada foi feriado em Lisboa, dia de Santo António, e para mim uma quebra na minha rotina e eu adorei, me senti tão feliz! Especialmente porque ontem não assumi uma rotina igual ao fim de semana como normalmente acontece em feriados. Aquele feriado foi diferente de todos os outros.

Isto me deixou a pensar e com ideias de tentar mudar as minhas rotinas, pelo menos para já as do fim de semana, tentar não fazer sempre as mesmas coisas que costumo fazer aos sábados e domingos. E logo neste sábado há uma mudança: fui convidada para um jantar com um grupo do ginásio e meu marido não vai. Em ocasiões normais eu não aceitaria, mas fiz bem em aceitar vai ser acontecimento diferente na minha rotina.


Eu preciso mesmo de tempo para mim!